José Geraldo Furtado (1982-1984)

    Titular da Mortobel (Belo Horizonte/BH)

    Com Cortese afastado da presidência, a conclusão do mandato fica a cargo de José Geraldo Furtado, Concessionário da Motorbel, de Belo Horizonte. O País segue mergulhado na crise econômica. Ernane Galvêas, ministro da Fazenda, assina carta de intenções com o FMI, concordando com o estabelecimento de metas trimestrais.

    Em fevereiro, há nova maxidesvalorização da moeda em 30% e uma nova versão da carta de intenções é chancelada. Em março de 1983, o Banco Central decide, através da resolução 802, que “será promovida a igualdade entre as correções monetária e cambial e a taxa da inflação medida pelo IGP-DI no quadrimestre de março a junho”; neste mesmo mês é fechado acordo “stand-by” (de US$ 5,7 bilhões) com o FMI.

    A inflação acumulada do ano de 1983 foi de 211,02%

    No começo de 1984, o Brasil assina com o FMI um acordo Extended Fund Facility (EFF) no valor de US$ 5,5 bilhões, mas metade desse montante já fica retido junto aos credores. Em 6 de agosto, é extinto formalmente o (há muito) insignificante centavo de Cruzeiro.

    A inflação acumulada do ano de 1984 alcança a marca de 223,90%.

    A ABRACAF resiste a todas essas vicissitudes.