RAM terá inédita picape média monobloco produzida no Brasil

    [Fonte: Motor 1]

    Nova picape RAM nacional compartilhará plataforma com a Fiat Toro e será produzida em Goiana (PE) até 2024

    Há tempos que ouvimos conversas sobre uma picape média da Fiat-Chrysler e, durante muito tempo, acreditava-se que seria a volta da RAM Dakota, projeto que existiu oficialmente dentro da empresa, mas que segue sem uma definição. Enquanto isso, a divisão nacional da empresa decidiu seguir em frente com sua própria ideia e trabalha em uma picape monobloco baseada na Fiat Toro, mas maior e com o logotipo de Ram, com estreia prevista até 2024.

    De acordo com nossos amigos do Autos Segredos, o projeto é conhecido internamente como 291, ou como “Torona”, por seu parentesco com a Fiat Toro e por ser maior. A ideia é usar a mesma plataforma Small Wide 4×4, mas não duvide que traga as mudanças previstas para o Jeep Commander (SUV de 7 lugares que estreia no 2º semestre), deixando-a mais comprida e larga. Afinal, ela está sendo feita para enfrentar outras picapes médias como Chevrolet S10 e Toyota Hilux.

    Por usar a platafroma Small Wide 4×4, a produção está prevista para acontecer em Goiana (PE). Isso também era esperado. Em março de 2018, o então presidente da Fiat-Chrysler na Região, Stefan Ketter, teve um encontro com Michel Temer (na época, presidente do Brasil) para apresentar um projeto de produção de uma picape média na fábrica pernambucana.

    O Autos Segredos ainda afirma que a Stellantis iniciará os primeiros testes de rodagem nas próximas semanas, usando “mulas” com a carroceria da Toro, mas já modificada para que tenha o tamanho da futura picape média. Buscará elementos de design da RAM 1500, algo que já era esperado para a picape média anterior.

    Outra informação adiantada pelo site é que a RAM apostará somente em motores diesel, deixando de lado a ideia de ter uma variante flex. Uma possibilidade é que receba o 2.0 turbodiesel atualizado que estará no Jeep Commander e haveria estudos para importar um outro motor mais potente para servir de opção topo de linha. E, como teria só motores diesel, não atrapalharia as vendas da Fiat Toro renovada, agora com o 1.3 turboflex de 185 cv.

    Ainda não se sabe como este projeto afeta a ideia da RAM de retomar o uso do nome Dakota. Em março deste ano, o site Automotive News apurou que Stellantis ainda estuda como criar uma picape abaixo da RAM 1500, porém a dificuldade está em achar uma forma de fazer com que seja barata – as primeiras informações diziam que usaria a plataforma da Jeep Gladiator e do Wrangler.

    Caso você tenha se animo e já está ansioso com a possibilidade de uma picape média da RAM, é melhor esperar sentado. Como está em um estágio inicial, ainda levará alguns anos para que a Stellantis faça o lançamento do modelo. O que é dito é que seu lançamento acontecerá até 2024. Se considerarmos o período de testes, espere por uma estreia para 2023.