Fusca: Mais um adeus após 81 anos – Futuro é incerto para o clássico

    [Fonte: Notícias Automotivas]

    Nesta quarta-feira, dia 10 de julho, Puebla marca mais uma despedida memorável. Encerrará pela terceira vez a produção do mais icônico dos automóveis, o Volkswagen Fusca. Também chamado Beetle (e outros nomes no passado), o clássico sedã alemão chega ao fim da terceira geração e com futuro incerto.

    Se depender oficialmente da Volkswagen – já que existem muitos segredos na própria empresa – o Fusca não retornará ao mercado mundial. O último exemplar dos 5.961 carros da série Last Edition sairá da linha de montagem mexicana direto para o museu principal da VW, em Wolfsburg.

    Fusca: Mais um adeus após 81 anos - Futuro é incerto para o clássico

    Em produção desde 1938, o Fusca já acumula mais de 21,5 milhões de unidades feitas, sendo 3,35 milhões produzidas na Anchieta, no Brasil. Tendo sido produzido em 19 cidades ao redor do mundo, o VW Sedan teve sua geração clássica encerra na mesma Puebla, em 2003.

    Antes disso, porém, o New Beetle surgiu num visual New Age em 1997 e durou até 2011. Ele conviveu com o modelo clássico mexicano por quatro anos. Em 2011, logo após o fim deste, surge o Novo Fusca – que chegou ser igualmente vendido no Brasil, assumindo pela segunda vez o nome que lhe foi dado por aqui.

    Fusca: Mais um adeus após 81 anos - Futuro é incerto para o clássico

    Mais moderno, assumiu um visual mais encorporado e esportivo, preservando ainda a versão conversível, embora o modelo clássico nunca tenha sido produzido de fato nessa configuração, sendo os exemplares feitos pela Karmann-Ghia e até particulares.

    Fusca: Mais um adeus após 81 anos - Futuro é incerto para o clássico

    Com o fim do Beetle em Puebla, as portas da VW se abrem novamente para outro clássico, uma versão de produção da Kombi clássica, que mescla futuro e retoma o emprego comercial do segundo modelo da marca alemã, criado para levar seu próprio peso em carga e que iniciou a fortuna de muitos e a construção de inúmeras grandes empresas.

    Fusca: Mais um adeus após 81 anos - Futuro é incerto para o clássico

    Para a VW, embora a plataforma modular MEB desta nova Kombi possa trazer o Fusca de volta, ter dois carros de emoção no portfólio significaria desgastar a imagem dos mesmos. Assim, apenas um poderá concentrar a história da marca e ainda indicar seu futuro.