Fiat e Strada ampliam liderança em 2021

    [Fonte: Automotive Business]

    Vendas crescem 65% no quadrimestre, marca ganha 6,6 pontos de participação e domina 21% dos emplacamentos

    A Fiat e sua picape Strada ampliaram ainda mais a liderança do ranking de marcas e veículos leves mais vendidos do País, aproveitando cada centímetro do mercado deixado para trás pela concorrência. Com pouco mais de 138 mil emplacamentos na soma do primeiro quadrimestre de 2021, as vendas da Fiat cresceram impressionantes 64,9% sobre o mesmo período de 2020, muito acima da média de expansão do mercado de 13,3%.

    Com esse desempenho invejável, a Fiat abocanhou nada menos que 6,6 pontos porcentuais de participação de mercado no período janeiro-abril comparado com o ano passado, subindo da terceira para a primeira posição do ranking de marcas, dominando 20,9% das vendas de veículos leves no País nesses quatro meses (contra 14,3% um ano antes), deixando Volkswagen e GM para trás. Em abril isoladamente a Fiat obteve market share de 22,1%, o maior porcentual desde março de 2014.

    A picape Strada – lançada em junho passado – vem quebrando recordes e se consolidou este ano como veículo leve mais vendido do País, com 41.451 unidades emplacadas de janeiro a abril e 6,2% de participação das vendas totais, colocando 6.291 carros de vantagem sobre o Chevrolet Onix, campeão no Brasil até o ano passado – o carro vem perdendo mercado desde o início de março, quando teve a produção interrompida por falta de peças na fábrica de Gravataí (RS), que deve permanecer paralisada até junho, segundo a GM.

    A Fiat também está ocupando outros espaços. No primeiro quadrimestre, é a marca que mais modelos tem no ranking dos dez veículos mais vendidos do País, quatro no total, com Strada na primeira posição, Mobi na sexta, Toro na sétima e Argo na nona. Destaque para a Toro, que vem ganhando posições este ano antes mesmo do lançamento da nova versão do modelo no já no fim de abril.

    Somando as vendas de Strada e Toro no de janeiro a abril, a Fiat obteve o domínio de 58,5% das vendas de picapes no Brasil, um recorde histórico para o segmento. Colocando dois hatches compactos entre os 10 carros mais vendidos, a marca também dominou a categoria com 28,7% de participação.