Fiat-Chrysler revisa planos e terá 12 lançamentos no Brasil até 2025

    [Fonte: O Estado de São Paulo]

    Fiat e Jeep renovarão por inteiro suas linhas; marca italiana terá dois SUVs e Jeep lançará Compass de sete lugares em 2021

    A Fiat-Chrysler Automobiles (FCA) reiterou esta semana o investimento de R$ 16 bilhões na operação brasileira, anunciado em 2018 e previsto para durar até 2024. A única mudança será no prazo final, que foi prorrogado em um ano. Em entrevista ao podcast do portal Automotive Business, o presidente da FCA na América Latina, Antonio Filosa, confirmou que a empresa fará 12 lançamentos até 2025. Serão três SUVs, duas picapes e três novas gerações de veículos atuais, além de quatro reestilizações.

    Sem um SUV nacional, a Fiat terá não apenas um, mas dois utilitários inéditos nos próximos anos. O primeiro estreia já no ano que vem: será o SUV compacto feito sobre a base do hatch Argo para disputar vendas com o VW Nivus. Do lado da Jeep, a estratégia é manter a liderança conquistada em 2017. Para isso será lançada — também em 2021 — a versão de sete lugares do Compass.

    fiat
    FIAT

    Entre as picapes, uma das novidades já está nas lojas. Trata-se da nova geração da Strada, que neste mês de setembro fez história ao se tornar a primeira picape a liderar as vendas gerais de carros novos no país. Além dela, o grupo o martelo e vai comercializar a RAM 1500. A picape média virá brigar com Toyota Hilux, Chevrolet S10, Ford Ranger e cia. O plano da FCA ainda prevê a reestilização da Toro, que deverá vir acompanhada da nova gama de motores Firefly turbo.

    Cada vez mais próximos de estrear, os motores turbo da família Firefly começam a ser produzidos em Betim (MG) no início de 2021. Dotado de injeção direta de combustível e comando variável de válvulas, o 1.0 tricilíndrico terá potência na casa dos 125 cv e um bom torque de 20 mkgf. Já o 1.3 4-cilindros turbo flexível produzirá cerca de 185 cv e 25 mkgf. A dupla virá conectada à inédita transmissão automática do tipo CVT (continuamente variável) que a marca também está desenvolvendo.

    Híbrido e elétricos no Brasil

    Filosa também confirmou na mesma entrevista que a FCA vai trazer elétricos e híbridos para o mercado brasileiro. O executivo confirmou a importação da nova geração do Fiat 500, apresentada há poucos meses na Europa e 100% movida a eletricidade. Já entre os híbridos, a Jeep vai oferecer as versões 4xe de Renegade e Compass. Ambas são do tipo Plug-In e recarregam as baterias em tomadas.

    FIAT