Expedição de carros elétricos e autônomos bate recorde de distância na China

    [Fonte: Automotive Business]

    Foram mais de 10 veículos e 3,6 mil quilômetros de estrada entre Guangzhou e Pequim

    A fabricante chinesa XPeng anunciou o encerramento bem-sucedido da expedição com carros elétricos e autônomos entre as cidades chinesas de Guangzhou e Pequim. Ao longo de oito dias e por 3,6 mil quilômetros, o comboio se moveu em um trajeto que incluiu estradas, montanhas e túneis – a maior parte do percurso feito de forma autoguiada, sem a necessidade de intervenção humana.

    Segundo a fabricante dos carros, a incursão representa a maior distância já percorrida por veículos autônomos de produção em massa na China.

    O modelo utilizado foi o P7. Segundo a empresa, o índice de intervenção humana por 100 km foi de 0,71 – ou seja, os motoristas só precisaram entrar em ação para fazer ajustes no percurso cerca de 20 vezes durante a viagem toda. Quem guiou os veículos foi o NPG (Navigation Guided Pilot), sistema de navegação autônoma próprio dos carros da XPeng e concorrente do famoso Autopilot, da Tesla.

    A frota, que variou de 12 a 15 unidades do P7 dependendo do trecho, passou por dez cidades chinesas e enfrentou obstáculos como chuva, rampas, altitude elevada e falta de cobertura de GPS.

    Em comunicado à imprensa, a XPeng afirmou que o sucesso da expedição se deve ao NPG, que possui 14 câmeras, 5 radares de ondas milimétricas, 12 sensores ultrassônicos, entre outros detalhes técnicos. “Os resultados mostram que o NPG não é apenas o mais forte sistema de direção autônoma para veículos disponível no mercado, mas também o mais fácil de usar”, afirmou He Xiaopeng, CEO da Xpeng, em uma coletiva de imprensa em Pequim.